Os 10 melhores lugares para mulheres viajarem sozinhas


Faz um bom tempo que não escrevo sobre viagens, mas isso vai acabar agora, porque o meu amor por viagens e pelo mundo só cresce. E como eu compartilho tudo com vocês o post de hoje é um achado sobre viagens pra meninas que como eu querem ir pra todas as partes do mundo.

A Flavia Mariano, do blog (maravilhoso) Viagem para mulheres convidou a jornalista Mari Campos para listar os 10 melhores lugares pra mulheres que querem viajar sozinhas.

Essa é a Mari e olha o que ela diz:

Sempre digo nas entrevistas, que acho sinceramente que todo lugar é bom para uma mulher viajar sozinha.
Todo lugar mesmo. Selecionei aqui apenas dez destinos, mas citaria fácil todos os lugares nos quais já estive; esses 10 aqui cito levando em consideração o perfil das brasileiras e a “facilidade” dos destinos, que é algo que quem sai sozinha pela primeira vez costuma procurar.
1 – Buenos Aires, Argentina: está pertinho, é super fácil de chegar/sair/locomover-se, os preços são amigáveis, tem turistas do mundo inteiro sempre, ótima oferta cultural e, melhor, hoje os porteños falam tão bem o português que quem não sabe espanhol nem tem que forçar um portunhol para se comunicar bem por lá.
Londres, sua linda <3 b="">

2 – Londres, Reino Unido: difícil encontrar uma cidade mais bem organizada e acolhedora que essa. O transporte público funciona muito bem durante as 24h do dia (do excelente metrô aos night buses), a oferta cultural é IMENSA (e, geralmente, gratuita), os londoners são pura simpatia e a gente se sente mesmo segura o tempo todo.
3 – Salamanca, Espanha: essa é uma ótima para quem viaja sozinha mas não quer ficar muito tempo sozinha na viagem. Salamanca é a cidade universitária por excelência da Europa continental e, não bastasse ser um destino medieval impressionantemente lindo, ainda tem uma das universidades mais antigas do mundo, um monte de escolas de espanhol, vida cultural super intensa e uma vida noturna pra lá de animada. E por ser pequenininha, é segura e super fácil de explorar dia e noite.
4 – Montpellier, França: embora muito menos tradicional, ficou famosa também pela cena estudantil, com as inúmeras escolas de francês que abriga e os milhares e milhares de estudantes internacionais que recebe todos os anos. Pequena, segura, festeira, Montpellier ainda fica pertinho da praia.
5 – Florença, Itália: a cidade por si só já é um baita destino por tudo que significa para as artes
e a cultura. E ainda tem os italianos, tão parecidos aos brasileiros em tantos aspectos e sempre tão receptivos a nós – e o custo das coisas ali é bastante inferior a Roma e Milão, por exemplo. Tem escolas de italiano aos montes para quemquiser investir nisso também. Ainda por cima é linda, super fácil de ser explorada a pé e recebe não só visitantes do mundo todo o ano todo como também tem imensas colônias de imigrantes – a de brasileiros é a segunda!

6 – Ilha de Páscoa, Chile: nunca, nunquinha, vi tanta mulher sozinha num mesmo destino ao mesmo tempo. Como a ilha é pequena, acolhedora, maravilhosa e muito segura, é um dos destinos favoritos das mulheres (sobretudo americanas e européias) para ter experiências solo.
7 – Patagônia, Chile: a região por si só nos convida muito à instrospecção pela própria beleza bruta do lugar. É um dos lugares mais famosos do mundo para quem viaja sozinho, seja homem ou mulher, e facílimo para fazer novas (e boas) amizades. Também é considerado bastante seguro e, por isso mesmo, atria muitas mulheres sozinhas (alemãs ali são maioria absoluta).
8 – Deserto do Atacama, Chile: mesma coisa do item anterior. O Atacama é um lugar excelente para contato extreme com a natureza, reflexão, auto-conhecimento. São muitos os solo travelers que encontrei por lá nas duas viagens que fiz – e a maioria era mulher, tranquilíssima com o clima low profile e sossegado de San Pedro e arredores.
9 – Istambul, Turquia: engana-se quem faz cara feia quando eu sugiro uma solo trip para a mais famosa cidade turca.  Não bastasse ser, para mim, uma das cidades mais fascinantes do planeta, Istambul tem uma infra-estrutura muito bem bolada, é “fácil” de ser explorada e os turcos são super acolhedores. Rola mais assédio que em outras cidades grandes européias? Rola, é claro. Mas nada que chegue a ofender ou incomodar.
10- Paris, França: essa aqui também é para quebrar tabus. A cidade mais romântica do mundo também é destino lindo e maravilhoso para as mulheres desacompanhadas.
Os parisienses, apesar do mito, são solícitos e educados e tem sempre gente interessante do mundo inteiro na cidade. Gostosa, sedutora, linda…
Paris é puro convite para o prazer de curtir a própria companhia o tempo todo – nem que seja simplesmente sentada, praticando o people watching, no meio da Place des Vosges.

Este e outros posts tão maravilhosos quanto vocês podem ver no blog da Flávia
Espero que tenham gostado. Com amor, Lua (:

Comentários

  1. Faltou o Setor O ai, não Lua? :D

    ResponderExcluir
  2. hahaha o setor o é bom demais pra estar nesse post kk

    ResponderExcluir
  3. algum dia quero ir pra frança, é um lugar lindo <3

    ResponderExcluir
  4. Eu também vou! <3 kk e pro Canadá também!

    ResponderExcluir

Postar um comentário