Resoluções do Cavando em 2016


Comecei o seminário Cavando Fontes há quatro meses, e tem sido os quatro meses mais cheios de vida e loucura dos meus 21 anos. Loucura digo no bom sentido, um turbilhão de coisas tomou a minha vida e olhando para o tempo de quatro meses fica ilógico imaginar viver tanta coisa como eu vivi nesses, parece que foi um ano inteiro! 

O seminário tem a duração de dois anos, é um seminário em tempo integral, o que quer dizer que ficamos inteiramente dedicados a aprender sobre a Bíblia, teologia de forma geral, viver a profundidade da vida cristã sem descanso (haha), recebemos formação pastoral que engloba o conhecimento e a vida real sobre cuidar de vidas, ganhar, consolidar e edificar pessoas. Junto a isso nós plantamos uma igreja Fonte de Vida aqui em Recife. 

Vivemos 10 jovens seminaristas na casa e aqui funciona tudo, nossa casa, nossa escola-lugar-de-formação (sei lá como chamar), e também nossa igreja, pois a igreja funciona na nossa casa. Nós literalmente largamos o conforto de nossas casa para morar na igreja. 

Vou falar de forma resumida um pouco sobre as aulas que tivemos nesses quatro meses e o que me impactou em cada uma delas.
1. Pneumatologia

A primeira matéria foi Pneumatologia com o Jonathan Costa (Johny), ele é diretor da base missionária Shores of Grace em Recife e cooperador da Global Awakening ao lado de Randy Clark. Estou muito honrada de poder fazer parte disso e poder aprender de Deus com pessoas com experiência ministerial tão grande.

Fiquei impressionada no inicio ao fim, o Johny é um mestre incrível, consegue passar tanto conteúdo, revelação e contou tantos testemunhos incriveis para nós que é até dificil falar haha.

Pneumatologia é o estudo do Espírito Santo, a palavra que me marcou foi Ruah, o sopro de vida de Deus em nós.
Uma breve anotação da primeira aula:
"O espírito santo é a parte de Deus que atua na igreja em dons, chamados, santificação, glorificação, perseverança, são todos aspectos da ação do espírito santo na igreja. Manifestar a obra de Deus ativa no mundo atual." 

2. História da Igreja 2

Nossa segunda matéria foi com a Melissa, ela é formada pelo curso pastoral da Videira, professora e coordenadora na Escola de Obras Pioneiras da Videira Florida e agora nossa coordenadora.

Nessa aula estudamos sobre a forma que Deus trabalha na história, vimos os avivalistas e fomos surpreendidos por histórias como a dos moravianos, que oraram por 100 anos a fio e entregaram suas vidas para serem respostas dessas orações. Que coragem! Que fé! Que amor!

3.Eclesiologia

Tivemos aula com o pastor Daniel, da igreja de Cosmópolis-SP. Vimos sobre a formação da igreja, a igreja da perspectiva de pastor, e também a visão da igreja Fonte de Vida que é o M.D.A.

4.Livros Poéticos

Estudamos com muito bom humor os livros poéticos com o Pr. Ueslei de Indaiatuba-SP.
Estudamos os meus livros preferidos da bíblia (Salmos, Jó e Provérbios), mas o mais marcante foi o estudo sobre Cântico dos cânticos. quanta revelação escondida num livro tão lindo. Quão profundo e íntimo o Senhor quer e pode ser da sua igreja!

Tivemos ainda outras matérias - sem foto

5. Princípios de Avivamento

Com a Melissa também, vimos histórias de avivamentos pelo mundo, estudamos como o avivamento vem e como ele não vem também. Vimos que avivamentos não são eventos que Deus manda para lugares aleatórios como estrelas cadentes do céu, mas que é uma resposta que damos à Deus.
"E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra." 2 Crônicas 7.14

A Mel tem o dom de ir no fundo da nossa alma e trazer "luz às nossas trevas", essa foi uma matéria muito forte e eu fui ministrada numa outra passagem que traduz bem essa matéria
"Pois o amor de Cristo nos constrange, porque estamos convencidos de que um morreu por todos; logo, todos morreram. E ele morreu por todos para que aqueles que vivem já não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou. 1 Coríntios 5.14-15.


6. Missiologia

Estudamos missões com pr. Rogério de Aral Moreira-MS. Uma matéria e aula surpreendentes.
Fomos surpreendidos mesmo já estando no campo missionário sobre a importância de missões na igreja, os desafios dos missionários mundiais, as perseguições que nossos irmãos enfrentam por levar o evangelho e nos deu ainda mais amor por levar Cristo ao mundo.
Fomos surpreendidos também pelo próprio pastor e ele nem se deu conta disso, fomos constrangidos pelo amor de Deus na simplicidade de um pastor que se compadece das almas e as ama.

7. Autoridade Espiritual.

Uma palavra define essa matéria: Pancada. Não só por que apanhamos muito, como aconteceu mesmo, nosso ego apanhou feio, meu orgulho nunca foi tão cutucado e ferido no bom sentido, mais uma vez, trouxe luz às nossas trevas e tanta coisa ficou clara na minha vida..

Descobri que a chave da autoridade é a submissão e mais que isso, desmenti dentro de mim todos os conceitos errados sobre submissão construídos pelo tempo e/ou impostos pela religião e sociedade. Que incrível!

Mais incrível ainda foi ver a minha oração sendo respondida de forma tão visível. No inicio da matéria meu coração estava vacilando, então orei e pedi para que Deus não me permitisse construir muros contra a repreensão Dele, que eu aceitasse o tratamento do meu caráter com amor. A matéria começou e passou trazendo a tona meus conceitos errados e meus preconceitos, fui confrontada internamente em todo tempo. Minha reação natural me conhecendo seria me fechar, ficar com raiva bater o pé e dizer que é tudo questão de ponto de vista, que eu não preciso concordar com tudo, mas não. Eu não fiquei com raiva, nem me fechei, nem nada disso. Continuo achando que ninguém precisa concordar com tudo em todo tempo, que isso fique claro, mas recebi cada confronto com o esclarecimento do que eu não entendia e ainda tenho dificuldade, não nego.

Ouvir sobre submissão e honra não é fácil, ouvir então sobre amor e morte é ainda pior, morte do ego e da alma então nem se fala, mas faz cada vez mais sentido algo que o meu pastor me disse quando conversamos há algumas semanas, Jesus quando era confrontado não reagia, ele dizia quem ele era e quem Deus era, ele não retrucava nem se explicava mesmo que estivesse certo. É assim que eu devo ser, nós devemos ser na real, mansos e humildes de coração como Jesus, isso nunca foi nem nunca será fácil, mas enquanto estivermos reagindo quer dizer que ainda temos 'vida', e nós precisamos morrer para que Ele viva em nós, assim seremos iguais a Ele.
Essa matéria foi ministrada pela Melissa e pela Pra. Andreia que está passando um tempo conosco e irá coordenar o Cavando Fontes em Vitória-ES.


Esse ano foi de longe o mais incrível e eu mostrei um pouco disso no post anterior, mas em especial agora, quero agradecer sobre o seminário. Só Deus sabe o quanto eu quis e orei por isso e se tornou uma realidade. Eu não sei o que vai ser desse ano, mas sei que o Senhor tem preparado coisas incríveis, eu creio nisso.
Quero agradecer imensamente a cada um dos meus mantenedores, cada uma das pessoas que se dispuseram investir financeiramente no meu ministério e nessa missão de imersão total da vida cristã. A minha busca por Deus está apenas começando e nunca tive tanta fome de Deus, nem tanto amor pela obra, pelas vidas e pela igreja. Obrigada! Agradeço a cada uma das pessoas que orou por mim durante esse tempo de seminário até aqui e peço que continuem, temos um longo caminho à frente. Que o Senhor abençoe sem medida a vida de cada um de vocês. Contem com as minhas orações, meu coração sempre será grato por isso.

Com muito amor, Luana Farias.


Comentários